Skip to Content

O que muda no controle financeiro empresarial para 2021?

Os chamados Cisnes Negros estão cada vez mais presentes nas rotinas, e se preparar para eles é premissa para sair na frente. Descubra o que muda no controle financeiro empresarial para 2021.

A instabilidade econômica acarretada pela pandemia causada pelo novo coronavírus deixou 2020 marcado como o ano em que muitas organizações fecharam as portas devido à falta de planejamentos estratégicos para lidar com a crise. Atualmente, as empresas têm adotado cada vez mais uma governança de risco, que resulta na possibilidade de perdas, prejuízos e falhas. Diante deste cenário, é fundamental analisar a probabilidade da instituição sofrer determinados riscos e, ao mesmo tempo, pensar em qual será o tamanho das consequências.

Nem sempre o conceito de risco pode ser levado para o lado negativo, tendo em vista que este gerenciamento é um processo. Com o período de isolamento social, este tipo de gerência ganhou força com empreendedores de todos os portes aproveitando ao máximo ou minimizando as consequências negativas por meio de planejamento, organização e controle dos recursos pessoais ou materiais do negócio.

Na visão da SAP Ariba, as empresas estarão mais propensas a seguir um padrão de Compliance e buscarem ferramentas capazes de facilitar o dia a dia deste gerenciamento. Principalmente durante a crise e com a reinvenção de estratégias e planejamentos, as soluções em nuvem auxiliam na busca por fornecedores competentes que atendam aos padrões exigidos dentro da organização e ajudam a prevenir riscos equivocados. Neste caso, conformidades com normas que trazem respaldo e valor à empresa, bem como valores de meio ambiente, ética, padrões contábeis e sociais são características primordiais que colocarão empresas em destaque no mercado durante o próximo ano.

A imprevisibilidade dos acontecimentos históricos também é um ponto de aprendizado para o mercado corporativo neste ano. Conhecido como Cisne Negro, estes eventos raros tendem a atingir escalas alarmantes e mudar a rotina de grande parte da sociedade, afetando drasticamente a economia global e resultando em um dano na área financeira das instituições por falta de planejamento de gastos. Apesar de muitos terem perdido quantias significantes, alguns, no entanto, seguiram a lógica do Cisne Negro e aproveitaram o momento para aumentar seu patrimônio ou mudaram o patamar de investimentos.

É preciso saber lidar com a volatilidade do mercado e se antecipar previamente para possíveis movimentações bruscas causadas por meses conturbados. Ter uma reserva de emergência para se manter durante todo o período de crise é o primeiro passo para se preparar para acontecimentos como este. Além disso, é aconselhável aproveitar oportunidades de investimentos, como a queda no valor de ações ou commodites, assim como diversificá-los. Ferramentas tecnológicas, como todo o suporte que a SAP Ariba oferece, monitoram e conectam organizações com fornecedores competentes e avaliam as condições de riscos do negócio.

 
Insights de Negócios